Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aerdna no Mundo?

A definição da palavra "mundo", não é restrita. A minha preferida, engloba os vàrios conjuntos de realidades concretas e imaginadas. Aqui veremos o mundo pela escrita de Aerdna.

Aerdna no Mundo?

A definição da palavra "mundo", não é restrita. A minha preferida, engloba os vàrios conjuntos de realidades concretas e imaginadas. Aqui veremos o mundo pela escrita de Aerdna.

Sede de poder: alemã!

""Condenado ao impasse, o objetivo era abrir caminho para o que o Dr. Schäuble definiu como 'ideal' muito antes de o nosso governo ser eleito: Que a saída da Grécia da zona euro deveria ser facilitada, de forma a disciplinar os estados-membros que resistem ao seu plano específico para restruturar a zona euro", escreve Varoufakis.

"Isto não é teoria. Como é que eu sei que o 'Grexit' é parte importante do Dr. Schäuble para a Europa? Porque ele me disse!", acrescenta Varoufakisno resumo da pré-publicação no jornal alemão." - in Sic Notícias.

 

A Alemanha tem sede de poder. E neste momento tem-no. Mas por demasiado ambiciosa e pouco

poder.jpgprudente, colocou-se no fio da navalha, sob o olhar da opinião pública. A Sra. Merkell vai-se juntar ao "panteão dos horrorosos" antecessores que conquistam poder da Europa para a destruir, se insiste nesta posição inflexível. Goste-se ou não dela, a verdade é que parecia uma mulher inteligente. Hoje coloco-o em dúvida. Ninguém que se fecha numa posição sem escutar, é inteligente, é apenas um teimoso com demasiado poder nesse momento.  

Este Schäuble e a Merkell, não querem governantes com opiniões e planos para os seus povos, isso é perder o poleiro e eles ainda não se prepararam para isso, eles querem governantes que façam o que a Alemanha manda (como Portugal).  Imagem no site "Emfoco360".

 

Eles querem povos a trabalhar/escravizados para que a Alemanha seja rica e talvez um dia poderosa o suficiente para conquistar o Mundo. O que o "maluco" de 1939 não conseguiu com exércitos, estes querem conseguir com dinheiro.


A receita é simples: manter os povos reféns de dívidas e com uma boa dose de manutenção de medo ("Grexit" é um bom plano, depois de lhes chamar caloteiros, assim como chamaram malandros aos portugueses). Ai!Ai!Ai!

 

Vamos “nós europeus” ser assim tão facilmente manipuláveis?

Parece que sim.

 

Adoraria daqui a uns meses pegar neste texto e dizer:

"Oh! My God! Como sofro de imaginação fértil. Pensei o pior daquela senhora alemã e ela até sabe como manter esta Europa presa à sua essência "O POVO"."

Adoraria, mas hoje acredito em todo o contrário.

frase-o-que-chamamos-de-poder-politico-converteu-s

 Imagem do "kdfrases.com".