Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aerdna no Mundo?

A definição da palavra "mundo", não é restrita. A minha preferida, engloba os vàrios conjuntos de realidades concretas e imaginadas. Aqui veremos o mundo pela escrita de Aerdna.

Aerdna no Mundo?

A definição da palavra "mundo", não é restrita. A minha preferida, engloba os vàrios conjuntos de realidades concretas e imaginadas. Aqui veremos o mundo pela escrita de Aerdna.

Maiorias ABSOLUTAS !

Em relação às eleições de ontem, assim a quente, tenho a dizer: "Tenho medo!"

Dá-me muito medo "maiorias ABSOLUTAS" e ainda pior num país que adora fazer o que a Europa manda. E digamos que a Europa anda um pouco autoritária demais.

O control de liberdades em nome de pseudo-problemas está a top, e parece-me que na realidade isso só irá ajudar alguns grupos económicos a encher ainda mais os bolsos, porque os problemas da maioria continuarão aí:

  • Serviços de saúde para todos a desaparecer, para que seguros privados possam ser vendidos sem assegurarem serviços a quem realmente os necessita (pq o que dá lucro são os saudáveis que pagam.);
  • Universidades acessíveis apenas às elites, porque as escolas deixarão de preparar os alunos para obter conhecimento e passarão a ser apenas introdutórias às profissões mais básicas;
  • Da justiça nem vale a pena falar, porque está aí para quem quiser ver. Se não viram, façam a experiência e tentem contratar um advogado para defender alguma das vossas causas, imediatamente perceberão que sem dinheiro não passarão do teatro de circuito burocrático.

Dá medo ver que todos esses problemas serão discutidos, agora, por apenas a parte da sociedade que é representada pela maioria, todos os outros terão de aceitar e esperar que não façam um desastre maior até à próxima oportunidade de votar.

Há outras formas de lutar para que os principais pilares do Estado Social não sejam destruídos em nome de lucros mas, a população no geral nem sequer equaciona um voto, quanto mais uma luta!

A geração de 80 e 90 herdou um mundo em crescimento e cheio de oportunidades, mas agora vai entregar à próxima geração um mundo com muito pouca esperança e todo o trabalho a repetir.

Esperemos que eles sejam melhor do que aquilo que nós fomos!

Calendário

Janeiro 2022

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub