Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aerdna no Mundo?

A definição da palavra "mundo", não é restrita. A minha preferida, engloba os vàrios conjuntos de realidades concretas e imaginadas. Aqui veremos o mundo pela escrita de Aerdna.

Aerdna no Mundo?

A definição da palavra "mundo", não é restrita. A minha preferida, engloba os vàrios conjuntos de realidades concretas e imaginadas. Aqui veremos o mundo pela escrita de Aerdna.

"M" a medida da "M"ulher!!!

Africanas, mestiças, europeias do sul, europeias do norte, altas, baixas, gordas, louras, ruivas, peitudas, barrigudas, ... Tirando as raras excepções dos casos de gémeas, nenhuma mulher é igual à outra.

 

Então o que é que nos leva a todas, tentar entrar nas mesmas calças?

 

Entendo que por uma questão de gestão e poupança, as marcas lancem dois ou três modelos no mercado e façam um pouco de marketing para nos convencer a comprar. As marcas precisam vender e se podem manipular o mercado, maravilhoso. E com a globalização, tentar impingir às latinas roupas pensadas primeiramente para chinesas é poupar em estudos de mercado, produção e etc...

 

Mas, cairmos nessa maipulação ao ponto de cairmos em depressão porque não cabemos num "S" é um enorme cartaz de estupidez que nos metemos na frente.

 

Pensemos no corpo de uma mulher tipicamente sul americana. O que é que nos vem à mente? Rabos e coxas generosas.

Agora pensemos no corpo de uma mulher das nações do norte da europa. E então? Repetem-se as ancas largas e coxas generosas? Não. As mulheres destas zonas tendem a ser muito altas e esguias.

 

Então, porque é que queremos que estes dois tipos de mulheres tão diferentes usem o mesmo tipo de roupa.

 

Quando forem às compras às lojas da moda e aquele modelo não vos entrar, ficam proibidas de entrar em depressão. Não é o vosso corpo que tem erros, são as lojas que ainda não se adaptaram ao mercado real.

 

Usem as redes sociais das marcas e digam-lhes que medidas e cortes usam na vossa zona, ou optem por lojas locais que conhecem melhor a realidade dessa zona do planeta.

 

A economia vai acabar por agradecer, porque se vão criar mais oportunidades locais e teremos menos monopòlios. Reza a història do mundo que os monopòlios não são bons para as maiorias.

 

Mais empregos locais e menos mulheres deprimidas porque a sua realidade deixa de ser refém de uma fantasia imposta por campanhas de manipulação de massas.

 

"M" de Mulher, de Medida adequada, de Moderação, de Moda adaptada, de Maravilhosas!

Calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D