Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aerdna no Mundo?

A definição da palavra "mundo", não é restrita. A minha preferida, engloba os vàrios conjuntos de realidades concretas e imaginadas. Aqui veremos o mundo pela escrita de Aerdna.

Aerdna no Mundo?

A definição da palavra "mundo", não é restrita. A minha preferida, engloba os vàrios conjuntos de realidades concretas e imaginadas. Aqui veremos o mundo pela escrita de Aerdna.

A tristeza e o nosso corpo...

Muitas vezes me fiz a pergunta : estou triste porque estou doente ou estou doente porque estou triste ?

Já passaram 14 anos e acho que já posso dizer que estava doente porque carregava uma tristeza enorme, pelo facto de não entender e sentir que o mundo não me entendia a mim.

Conforme fui encontrando as minhas ferramentas internas para descobrir como me libertar dessa tristeza e ser feliz apesar do complicado que a vida pode ser a minha saúde foi recuperando. Isso fez-me ficar atenta ao que se passa à minha volta.

Estamos rodeados de gente cinza, triste, agarrada ao que podem para manterem um pouco de luz acesa nas suas vidas. Os seus discursos, volta e vira, lá caem no «não posso com as dores», «o meu estomago está uma desgraça», «não durmo», ...

Quando alguém me faz essas observações, eu tento que me contem um  pouco da sua vida e quase sempre a tristeza, o desamor, a pressão estão lá. E com tanta gente nesse estado, podem imaginar que temos conversas para uma eternidade.

Pode parecer que estou a simplificar demais, mas assusta-me a quantidade de pessoas realmente doentes, por causa da tristeza que carregam. 💔😥

Como se ajuda estas pessoas ?

Não se ajuda. Descobri por experiência própria que cada um tem de aprender sozinho o seu caminho e a descobrir-se, a perceber que não se pode corresponder a todas as expectativas alheias a nós mesmos.

Mas, podemos perfeitamente não complicar mais a vida a estas pessoas. Como ? Evitando os comentários maldosos, evitando discursos onde se quer a todo o custo ter razão e trocá-los por discursos onde impere o «a mim me parece...», «para mim funciona melhor assim, mas para ti pode ser diferente...», «não somos todos iguais e que maravilha que assim seja» ...

Imaginam um mundo só de costureiras ? Quem é que plantava, quem é que transformava o trigo em pão ? Seria um mundo extremamente bem vestido, mas a morrer de fome.

Não sejamos más pessoas e isso vai tornar a existência dos outros um pouquinho melhor e por consequência a nossa também porque já não teremos de lidar com os seus problemas. Porque queiramos ou não, no fim da estrada os problemas dos vizinhos também nos afectam. No caso de tantas pessoas tristes e doentes, temos os hospitais lotados e quando precisamos lidamos com esse problema que aparentemente não era nosso. E não era, até ter de estar na fila à espera para ser atentido por um serviço esgotado.

Um pouco de empatia para este ano que começa...

Calendário

Abril 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D